sábado, 11 de novembro de 2017

Beaujolais Nouveal est arrivé na Petit Verdot



Dia 16 de novembro. Enófilos do mundo todos se reúnem para degustar a safra do Beaujolais Noveau. Graças a uma perfeita logística, lojas de todos os países recebem nessa data os vinhos recém produzidos. E aí começa a festa.


A Petit Verdot - um dos seis bistrôs brasileiros recomendados pelo Guia Mundial de Beaujolais -  vai fazer uma festa francesa para dar o clima que o dia merece: Alice Mesquita e Leandro irão apresentar as músicas consagradas daquele povo e uma degustação de quatro vinhos da região: Henry Fessy Morgon e Moulin-à-Vent, Louis Girard Beaujolais Nouveau e  Joseph Drouhin Beaujoulais Noveau. Para abrir os trabalhos um branco também de origem francesa. A chef Daniela Gumiero vai apresentar um prato especial para harmonizar com os vinhos.
O quintal da Petit Verdot vai virar um pedacinho de Beaujolais. Faça logo sua reserva, pois vai lotar.

Beaujolais Nouveal est arrivé na Petit Verdot


 
Dia 16.11 , na Petit Verdot
Degustação (opcional): cinco vinhos, R$ 60,00 por pessoa
Couvert artístico: R$ 15,00 por pessoa
Reservas: 3221.6251


terça-feira, 7 de novembro de 2017

Didu Russo experimentou o dubbio. Veja sua opinião

 http://www.didu.com.br/2017/11/in-dubbio-pro-pinot-dubbio-pn-2014

 In dubbio, pro Pinot… Dubbio PN 2014



Já fazia tempo que estava querendo abrir essa garrafa que ganhei de presente do simpático José Rodrigues da Petit Verdot Adega Gourmet, que fica numa casa assobradada da Rua Alexandre Herculano, no Boqueirão, em Sãntos – SP. Ele lançou esse vinho em comemoração aos cinco anos da sua Petit VErdot Adega Gourmet e escolheu bem o produtor, Lidio Carraro. Este Pinot leva jeito do Dádivas, mas não sei dizer qual seria ou se tem algum toque especial para a encomenda do José Rodrigues.
Mas onde tem as mãos da Monica Rossetti, tenho confiança e sei que é coisa boa, não deu outra, essa garrafa está excepcional, com tipicidade de Pinot, cor de Pinot, estrutura de bons Pinot, profundidade e levemente alcoólico, secondo me, mas nada que incomode não, minha opinião apenas, não crítica. Me deu muito prazer acompanhando um franguinho que costumo fazer com uma fatia de bacon, suco de laranja e Vinho do Porto Branco, em forno baixo cozinhando lentamente… Ficou perfeito e um melhorou o outro, como deve ser uma boa harmonização. Agradeço a lembrança do José Rodrigues e cumprimento-o pela iniciativa. Saúde!!
Tagged: , , , ,

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Nada como ter rosa na vida, nesta quinta, dia 9




Nada como ter rosa a vida

 
A Petit Verdot promoverá nesta quinta, dia 9, a degustação de grandes rosés no compasso de Dorival Caymmi
 na voz de Bruno de La Rosa.



"Um amigo meu disse que em samba canta-se melhor flor e mulher/E eu que tenho rosas como tema/canto no compasso que quiser.." 


Nesta quinta-feira, dia 9, a Petit Verdot convida para você cantar as rosas no compasso da música de Caymmi harmonizada com uma seleção de grandes vinhos rosés.
Bruno de La Rosa, naturalmente, comandará o espetáculo, que vai homenagear ai da outro Rosa, o Noel, um dos maiores nomes da MPB de todos os tempos.

Os vinhos? vamos lá:



Anhelo, chileno, malbec
Palm, francês do Mediterrâneo, blend
Sanrojo, espanhol Garnacha
Obra Prima, argentino, cabernet sauvignon
Guaspari, brasileiro, syrah
O sexto será uma surpresa

Mas a Festa é das Rosas e quem estiver vestida (o) de rosa ou usar um lenço rosa também concorrerá a uma garrafa do rosé preferido na degustação.

 Uma festa para todos saírem cantando com Caymmi: 

Rosas a me confundir / Rosas a te confundir
São muitas...são tantas / São todas tão rosas

Nada como ter rosa na vida
Dia 9.10, quinta-feira, às 20 horas
Degustação opcional: seis vinhos, por R$ 45,00 por pessoa (comida não inclusa)
Couvert musical: R$ 15,00 por pessoa 
Reservas: 3221.6251  

sábado, 21 de outubro de 2017

Petit Verdot, quintal do mundo. Nesta quarta



Nesta quarta, música e vinho de vários países prometem uma experiência marcante. Alice Mesquita e as canções consagradas e vinhos produzidos com uvas típicas de cada país.

Petit Verdot, quintal do mundo

Sinta-se em casa, mesmo que ela seja na Italia, França, Portugal... Alice Mesquita vai transformar a Petit Verdot num pequeno quintal do mundo, cantando consagradas músicas de diversos países. No embalo musical você poderá provar vinhos que se destacam por suas uvas mais características, como a tempranillo na Espanha, a zinfandel nos Estados Unidos, a carmenere chilena entre outras.
 

Ao todo, serão seis vinhos:

Argentina: malbec - Azul
Estados Unidos - Zinfandel - Woodbridge
Chile - Carmenere - Ventisquero Reserva
Espanha - Tempranillo - Ontañón Vendimia
Italia - Sangiovese toscano - Da Vinci
Portugal - Corte Alentejano - EA





 Petit Verdot, quintal do mundo


Dia 25.10.17, às 20 horas
Degustação (opcional): seis vinhos, a R$ 45,00 por pessoa
Couvert artístico: R$ 15,00 por pessoa
Reservas: 3221.6251

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Nesta quinta, 19. um tributo a Vinicius de Moraes




"Você bem que podia me aparecer
 nesses mesmos lugares,  nas noites, 
 nos bares, onde anda você?!"



 Onde anda você, Vinicius?

A Petit Verdot rende tributo ao poeta
Vinícius de Moraes no dia de seu aniversário,
19 de outubro, com apresentação de
Bruno de La Rosa.
 Uma festa para nossa alma.

Vinicius de Moraes, o poeta que encantou - e encanta - gerações com seus poemas de amor pela vida, que nos ensinou os segredos do amor, façanha que só uma alma-poesia poderia ousar e conseguir. Da percepção integral do homem (no caso, principalmente a percepção integral da mulher...). Um talento aflorado na arte e na vida, conjugadas em forma de poesia. Impressas ou musicadas.



E é esse o Vinicius que a Petit Verdot vai homenagear em seu aniversário, dia 19 de outubro, com apresentação de Bruno de La Rosa. E responder a uma pergunta que intitula uma de suas canções: onde anda você? Uma dica: o poetinha, como era carinhosamente chamado, habita nossas almas, tantas vezes consoladas, incentivadas, ensinadas e iluminadas por seus versos. A benção, Vinicius!, completando seu Samba da Benção.